segunda-feira, 22 de junho de 2009

Falar ao não falar


Falar ao não falar


Boca fechada, palavras faladas

Olhos abertos, palavras expressas

Quando fala, seus olhos fecham-se

Quando cala, seus olhos revelam-se


Desvela-se quando silencia

Oculta-se quando discursa

Palavras, como luzes ofuscadas, quando com a boca faladas


Luzes emitidas soando verídicas quando com os olhos ditas

Como um corpo celeste sem luz própria

Irradia brilho porque assim o reflete


O olhar reproduzido do brilho existente

Embora turvo com palavras ausentes

Mostra-se vivente para quem o sente

O fulgor ali sempre se fez presente


Thiago Moraes

2 comentários:

Taciana disse...

Oi Tiago! Senti falta dos seus posts!! Não estão mais tão constantes!!
Abraços, Taciana

Saiba das novidades sobre o Projeto que define salário mínimo do médico em 7 mil.

http://portal.fenam2.org.br/portal/showData/385776

Camila disse...

ow velho adorei!
vc deveria escrever mais! ou não, pq por ser raro se destaca mais ainda... ;)


=*

Related Posts with Thumbnails